Avanço tecnológico: Indústria 4.0 já é realidade

Avanço tecnológico: Indústria 4.0 já é realidade

A cada dia que passa o mercado industrial acompanha as tendências e inovações tecnológicas, onde vem adotando em seus processos a Robótica Avançada, Internet das Coisas (IoT), Inteligência Artificial, Armazenamento em Nuvem, Big Data, Sistemas Ciber-físicos Comunicação Máquina-máquina e uso da internet para prestação de serviços, dentre outros. Dessa forma, além de maximizar a produção, está dando início a quarta revolução industrial ou, a chamada Indústria 4.0.

 

No país, de forma que fomente esse crescimento tecnológico nas indústrias, o governo disponibilizou um pacote composto com mais de R$ 10 bilhões em crédito, financiado pelo Finep, Banco da Amazônia e BNDES. Conforme a Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI), espera-se que daqui vinte anos, 18% das empresas que estão instaladas no país sejam moldadas de acordo com esse novo conceito. Diante disso, destaca-se uma nova realidade, que apresentará novas formas de trabalho, sendo imprescindível estar à frente da curva tecnológica, onde as pessoas e empresas utilizarão intensivamente as novas plataformas, para que assim se mantenham competitivas no mercado.

 

As mudanças são positivas, onde máquinas são conectadas a uma rede de computadores por sensores e dispositivos, criando uma automação da produção. A quarta revolução interliga máquinas com pessoas, tornando assim, um sistema de produção inteligente, capaz de reduzir horas paradas, aumentando o sistema de produção e maximização do proveito na utilização dos recursos materiais e humanos, além de melhorar o controle geral do negócio.

 

Diante de novas oportunidades, o Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC) lançou no mês de junho de 2017, o GTI 4.0 (Grupo de Trabalho para a Indústria 4.0), com o intuito de elaborar propostas para adoção de modelos de produção 4.0, delimitando as prioridades na implementação, juntamente com mais de 50 instituições representativas, incluindo agências do governo.

 

Junto com o novo conceito de tecnologia para Indústrias, vem novos desafios, onde começa pela cultura organizacional, assim como as atualizações tecnológicas, necessitando ainda, de conexões seguras e ágeis, infraestrutura e redes interligadas, estando aptas para sustentar essa nova tecnologia.

Comunicação A.T.I. BRASIL

Referências: https://www.folhadelondrina.com.br/colunistas/espaco-aberto/industria-4-0-producao-industrial-inteligente-1020287.html

https://www.automacaoindustrial.info/industria-4-0-motor-de-desenvolvimento-economico-para-o-brasil/